Arquivo de Devocionais

Archive for the ‘MENSAGENS QUE EDIFICAM’ Category

 

Meditação: Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. (Filipenses 4:6)

Pensamento: Para não se preocupar com nada, ore a respeito de tudo.

Leitura: Números 13:26-33.

Mensagem:

O Quê? Eu Preocupado?

Sempre que um pastor começa a falar sobre preocupação, sinto um par de olhos me encarando. Sem virar a cabeça, eu sei que meu esposo está olhando para mim para ver se estou prestando atenção.

Detesto admitir, mas sou uma pessoa que se preocupa. E, exatamente porque há muitas pessoas como eu, Jesus falou sobre esse problema em Mateus 6:25-34, quando disse: “Portanto eu lhes digo: Não se preocupem”. Não se preocupem com as necessidades básicas da vida: comida, roupa, abrigo – e não se preocupem com o amanhã.

A preocupação pode ser um sintoma de um problema maior. Algumas vezes é a falta de gratidão pela maneira como Deus cuidou de nós no passado. Ou talvez é a falta de fé, de que Deus verdadeiramente é digno de confiança. Ou pode ser a recusa em depender de Deus em vez de depender de nós mesmos.

Algumas pessoas ampliam o círculo da preocupação para suas famílias, amigos e igrejas. São muito semelhantes aos dez espias, de Números 13:26-33, que espalharam seu temor e dúvidas a todos os outros. Mas aqueles que confiam apenas em Deus podem colocar-se ao lado de Josué e Calebe, os únicos do grupo de 12 aos quais Deus permitiu entrar na Terra Prometida.

Não deixe que as preocupações o impeçam de chegar ao que Deus talvez esteja tentando lhe ensinar. Ele convida você a trazer os pensamentos de ansiedade diretamente a ele (Filipenses 4:6).

FONTE:

Cindy Hess Kasper

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

 

Meditação: Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. (Filipenses 4:6)

Pensamento: Para não se preocupar com nada, ore a respeito de tudo.

Leitura: Números 13:26-33.

Mensagem:

O Quê? Eu Preocupado?

Sempre que um pastor começa a falar sobre preocupação, sinto um par de olhos me encarando. Sem virar a cabeça, eu sei que meu esposo está olhando para mim para ver se estou prestando atenção.

Detesto admitir, mas sou uma pessoa que se preocupa. E, exatamente porque há muitas pessoas como eu, Jesus falou sobre esse problema em Mateus 6:25-34, quando disse: “Portanto eu lhes digo: Não se preocupem”. Não se preocupem com as necessidades básicas da vida: comida, roupa, abrigo – e não se preocupem com o amanhã.

A preocupação pode ser um sintoma de um problema maior. Algumas vezes é a falta de gratidão pela maneira como Deus cuidou de nós no passado. Ou talvez é a falta de fé, de que Deus verdadeiramente é digno de confiança. Ou pode ser a recusa em depender de Deus em vez de depender de nós mesmos.

Algumas pessoas ampliam o círculo da preocupação para suas famílias, amigos e igrejas. São muito semelhantes aos dez espias, de Números 13:26-33, que espalharam seu temor e dúvidas a todos os outros. Mas aqueles que confiam apenas em Deus podem colocar-se ao lado de Josué e Calebe, os únicos do grupo de 12 aos quais Deus permitiu entrar na Terra Prometida.

Não deixe que as preocupações o impeçam de chegar ao que Deus talvez esteja tentando lhe ensinar. Ele convida você a trazer os pensamentos de ansiedade diretamente a ele (Filipenses 4:6).

FONTE:

Cindy Hess Kasper

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

 

Meditação: Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino… Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino. (1 Coríntios 13:11)

Pensamento: Algumas pessoas têm o céu na língua, mas o mundo no coração.

Leitura: João 17:6-19.

Mensagem:

Fazer de Conta

O nosso neto de quatro anos gosta de fazer jogos de “faz de conta” com a avó. Ele vem à nossa casa uma vez por semana, e Ma-Ma (é assim que ele a chama) o leva ao supermercado, aos jardins botânicos para alimentar peixes e tartarugas, e a dar uma volta de metrô – tudo sem sair da nossa casa! Ele tem tanto ciúme deste jogo de faz de conta entre ele e Ma-Ma que, quando um dia pegamos um metrô de verdade, perguntou: “Por que há outras pessoas no nosso metrô?”

Fazer de conta é normal, para uma criança. Mas alguns carregam este hábito até quando são adultos, quando estão na igreja. O que eles fazem na igreja não tem nada a ver com o que fazem o resto da semana. No domingo, louvam a Deus de todo o coração, mas na segunda-feira se tornam pessoas diferentes. O que expressam na adoração não é visto no seu comportamento.

Nosso Senhor Jesus Cristo sabe que podemos cair nesta armadilha com facilidade. Por isso, na sua oração ao Pai celestial, ele disse: “Não rogo que os tires do mundo, mas que os protejas do Maligno” (João 17:15).

Deus nos colocou aqui para fazermos uma diferença no nosso mundo. Ao proteger-nos de cairmos nos enganos do mal, ele quer que vivamos segundo os padrões coerentes em cada um dos aspectos das nossas vidas – não somente aos domingos.

FONTE:

CPH

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

 

Meditação: Bendito seja o Deus… ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos. (1 Pedro 1:3)

Pensamento: A ressurreição de Cristo é o botão da promessa – a nossa ressurreição será a flor de seu cumprimento!

Leitura: Romanos 8:11-18.

Mensagem:

Em 2005, o furacão Katrina deixou Nova Orleans submersa. Mas, 17 meses mais tarde, um evento inusitado deu à cidade nova esperança de vida. Um time de futebol americano da cidade, constantemente infeliz nos jogos, chegou às finais do campeonato. Toda a região se animou. Cartazes diziam: “Nós cremos”, refletindo um novo alento.

Ao comentar sobre o fenômeno, um produtor famoso disse: “Quando terminar o campeonato, os quilômetros de devastação ainda continuarão devastados”. Mas, acrescentou: “Se isto pode acontecer a Nova Orleans, este milagre, então pode acontecer qualquer coisa para Nova Orleans”.

O time local não foi campeão, mas a idéia permaneceu atraindo. Uma “impossibilidade” havia capturado os corações das pessoas, de tal maneira que elas começaram a pensar que qualquer coisa seria possível.

De uma maneira infinitamente mais importante, isto é o que temos, na ressurreição física de Jesus. Cristo derrotou a morte no campo da própria mortalidade, declarando o poder de Deus para dar-nos nova vida e esperança. Paulo escreveu “aquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos habita em vocês, aquele que ressuscitou a Cristo dentre os mortos também dará vida a seus corpos mortais, por meio do seu Espírito, que habita em vocês” (Romanos 8:11).

Nenhum outro evento na história da humanidade tem maior significado. Nenhum outro evento está tão repleto de esperança imediata e vitória final para os santos em Cristo Jesus.

FONTE:

M. R. D.

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

 

Meditação: Obedeçam aos seus decretos e mandamentos… para que tudo vá bem com vocês e com seus descendentes. (Deuteronômio 4:40)

Pensamento: Avisos são uma expressão de amor; ameaças são uma expressão de controle.

Leitura: Deuteronômio 4:32-40.

Mensagem:

Ameaças e Advertências

“Deus nunca faz ameaças; e o diabo nunca avisa”, declarou Oswald Chambers. Às vezes usamos as palavras ameaça e aviso como se fossem sinônimos, mas Chambers viu aqui um princípio que sugere uma distinção entre elas. Usamos ameaças quando queremos que alguém faça aquilo que é do nosso próprio interesse. Já os avisos são dados para que as pessoas façam o que é do seu próprio interesse. Em outras palavras, ameaças procuram preservar o poder, enquanto que os avisos servem para proteger as pessoas do perigo.

Satanás quer que pensemos que os avisos amorosos de Deus são ameaças malévolas. Mas ele está errado. Conforme Chambers diz: “Um aviso é uma declaração notável da parte de Deus, inspirada por seu amor e paciência”. A evidência disso encontramos nos muitos mandamentos que estão acompanhados de frases como “para que tudo vá bem com vocês” (Deuteronômio 4:40; 12:28).

Em relacionamentos amorosos, as pessoas avisam, umas às outras, das conseqüências inevitáveis de comportamentos insensatos. Em relacionamentos prejudiciais as pessoas ameaçam umas às outras com castigos, se não viverem conforme exigências pouco racionais.

Ao interagirmos com outras pessoas, é bom considerar a natureza dos nossos conselhos e ordens. Usamos de ultimatos para preservar o nosso próprio bem-estar? Ou avisamos de forma amorosa os outros, a fim de guardá-los do mal?

FONTE:

Julie Ackerman Link

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

 

Meditação: Todos estes viveram pela fé, e morreram sem perceber o que tinha sido prometido; viram-no de longe e de longe o saudaram. (Hebreus 11:13)

Pensamento: Para o tempo e a eternidade, Jesus é tudo que precisamos.

Leitura: Hebreus 11:8-16.

Mensagem:

Entre Eternidades

Num filme de caubóis, o mocinho precisa dizer algumas palavras de conforto no funeral de um amigo. Sentindo-se inconfortável com a situação, ele fala baixinho: “Todos nós somos viajantes neste mundo. Da erva verde até a palha seca, do nascimento até a morte, nós viajamos entre as eternidades”.

De certa forma, ele estava certo. Somos viajantes – peregrinos – num mundo que não oferece uma paz e um descanso duradouros. E embora só exista uma eternidade, nós viajamos entre a eternidade que passou e a eternidade futura, esperando pelas promessas de um lar e de uma esperança que durarão para sempre – promessas que ainda vão se cumprir.

Nesses tempos de lutas e desespero, quando nossa peregrinação pela vida é difícil, é de grande auxílio lembrarmos que, embora sejamos peregrinos que viajam entre eternidades, temos um Salvador que é Senhor e Mestre da eternidade. Ele nos ofereceu a promessa da vida eterna com ele e assegurou esta promessa com o seu próprio sacrifício. Foi desta promessa que falou o escritor de Hebreus 11:13.

Estamos presos aos momentos e horas e dias da nossa vida, mas olhamos em frente, pela fé em Cristo. Um dia vamos experimentar as promessas da eternidade, quando a fé será substituída pela visão, quando nos encontraremos com Cristo. Essa esperança é que nos ergue acima da vida, entre as eternidades, para uma alegria que é eterna.

FONTE:

William E. Crowder

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

Meditação: Pois a nossa luta não é contra seres humanos… mas contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. (Efésios 6:12)

 

Pensamento: Vitória espiritual vem somente para aqueles que estão preparados para a batalha.

 

Leitura: Efésios 6:10-18.

 

Mensagem:

Armados e Extremamente Efetivos

 

            Em janeiro do ano passado, as armas dos policiais em Tijuana, México, foram confiscadas. Suspeitou-se que alguns deles estavam envolvidos numa conspiração com traficantes de drogas. A princípio, temendo pela sua segurança, a polícia parou de fazer patrulhamento. Mas, por fim, alguns deles voltaram ao trabalho – usando estilingues. Passaram mais três semanas antes de receberem de volta suas armas mais efetivas.

            Embora todos nós nos lembremos de um jovem pastor que usou uma atiradeira (funda) e uma única pedra lisa, com grande sucesso, no seu encontro com o gigante Golias (1 Samuel 17), poucos de nós teríamos a coragem de enfrentar ameaças violentas armados apenas com uma proteção tão insignificante. Porém, todos os dias, embora estejamos freqüentemente mal-preparados, nós enfrentamos uma ameaça. Como crentes, lutamos contra um inimigo que não podemos ver. Nossa luta não é “contra seres humanos, mas… contra as forças espirituais do mal” (Efésios 6:12). Todavia, o resultado desta batalha é seguro: Jesus é o Vencedor. E, usando a armadura e as armas que Ele nos dá, somos capazes de “resistir” (v. 13). Nós lutamos como poder e a força de Deus.

            Cada dia precisamos vestir toda a armadura de Deus – “a couraça da justiça, o escudo da fé e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus” (vv. 13-17). A chave para vencer as batalhas espirituais são o preparo e a proteção.

 

FONTE:

Cindy Hess Kasper

Nosso Andar Diário

Ministério RBC

Blogged with Flock

Tags: , ,


dezembro 2016
S T Q Q S S D
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

PARA RECEBER CONTEÚDO CRISTÃO EM SEU E-MAIL.

Junte-se a 389 outros seguidores

Páginas