AVIVAMENTO

 

E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus. (Atos 4:31)

AVIVAMENTO = ATIÇADO, REANIMADO, REALÇADO, RESTAURADO.

Isto é o que nós cristãos temos que viver, ATIÇADO pelo FOGO DO ESP. SANTO, REANIMADO pela força do seu poder, RESTAURADO de toda dor, angústia, falta de perdão.

O poder de Deus é tão grande que Ele simplesmente não restaura, Ele faz tudo novo, não deixando marcas ou seqüelas.

Relembre como foi marcado o ministério de Jesus. Através de muita libertação, cura, milagres, multidões sendo salvas Marcos 6:55-56 e ainda verdadeiros discípulos sendo treinados e quem trabalhou para conquistar isto? Foi João Batista, durante o seu ministério. A sua mensagem era “Arrependei-vos pois está próximo o Reino dos céus”, Mateus 4:17. Vemos o povo se arrependendo, confessando, mudando de mentalidade, mudando de comportamento e reconciliando as famílias.

Temos que ser assim também, desejar a cura, saber amar, ter carinho com as pessoas, desejar perdoar e realmente perdoar.

Há irmãos na Igreja que ainda reclamam, ainda criticam, ainda acham que a responsabilidade é sempre do pastor.

Queridos, precisamos parar e pedir a Deus transformação, a começar em nós, para que Ele possa realizar sinais e maravilhas em nosso meio.

O Pastor nada faz sozinho, Deus tem procurado um lugar dentro de nós e infelizmente deixamos a obra de Deus em segundo plano, colocamos sem perceber em primeiro lugar as nossas vidas, temos o desejo de comprar, possuir as coisas, o nosso trabalho e esquecemos das belezas do Senhor.

Precisamos desejar diariamente a presença do Esp. Santo, É preciso se arrepender, clamar, buscar, desejar este avivamento todos os dias, em nossa casa, no trabalho, no templo, no púlpito, andando, desejamos estar sensível a voz do Esp. Santo.

Não confunda Pensamento Positivo, com um desejo ardente de ter uma profunda experiência com Deus.

O que precisamos, ou qual o segredo, para ter e desejar a presença do Esp. Santo em nossas vidas? ORAÇÃO e Ação –

E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.
E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns”
.ATOS 4:31-32 – Orar e praticar a Palavra.

Como devemos orar? Com sinceridade, pedir perdão pelos nossos pecados, nossos erros, sermos humildes, interceder, profetizar e adorar. Agradecer ao Pai pelo milagre que Ele está gerando em nós. Termos UNIDADE como diz o vers. 32

Nós só vamos experimentar o verdadeiro avivamento quando uma onda de arrependimento, confissão de pecados, atos de reconciliação vier sobre nós, quando um clamor por santidade invadir as nossas vidas, nossas reuniões. Em Ezequiel 9:4 o que diz: “Deus manda marcar aqueles que tem um peso por santidade que não suportam a impureza na casa do Senhor”. Assim teremos uma Igreja poderosa, realinhada com o propósito de Deus.

Clame: Pai traga de volta estes momentos onde temos convicção dos nossos pecados, devemos clamar por PERDÃO, PERDÃO. O Arrependimento traz quebrantamento de coração e nós sabemos que Deus não resiste ao quebrantado e Ele nos leva de volta ao caminho que nunca deveríamos ter saído, o caminho da Santidade, pureza, renúncia, humildade….

Você deve estar pensando: “Mas me arrepender do que, eu estou jóia, não tenho nada para me arrepender, a minha vida vai muito bem, ajudo sempre o próximo, venho aos cultos, leio a Bíblia, oro sempre, o Esp. Santo está sempre comigo.

Eu vi o quanto eu estava errada quando fiz o Veredas, foi lá que realmente aprendi o que é perdoar. Nós mesmos não conseguimos fazer isso, muitas vezes dizemos: eu te perdôo irmão, mas sempre que eu olhar para ele vai estar dentro de mim se remoendo aquele rancor, aquela mágoa e no Veredas nós aprendemos que você declara: “eu decido perdoar em nome de Jesus” e lanço aquela mágoa aos pés da Cruz de Cristo, dizendo bem alto para o Diabo ouvir e aquele sentimento sai como um milagre de dentro de você, pois com o ato de declarar com a sua voz, você tira toda legalidade do inferno e Deus restaura a ferida e a sua vida.

As vezes fazemos e fazemos sacrifícios ou jejuns, mas será que Deus se agrada deles? Deus não se agrada dos nossos sacrifícios ( aquele povo que sobe as escadas da Candelária de joelhos está fazendo a vontade do Pai? O nosso sacrifício anula a paixão, o sacrifício de Jesus na Cruz. Não é melhor obedecer do que sacrificar?, mas e o jejum? ( jejum não é sacrifício, é dominar a carne para que o espírito prevaleça), mas existe algo que lhe agrada mais: obedecer a sua Palavra, ouvir a sua voz e obedecê-lo Não esqueçam da Unidade “Eu rogo Pai que eles sejam um como nós somos um”

                               Devemos ser assim : Obedientes, termos unidade e compromisso com Deus. A busca pelo avivamento deve ser diário, devemos levantar com o desejo de nos reconciliar com o Pai, é um erro quando dizemos que alcançamos o avivamento, pois haverá sempre mais intensidade de Deus em sua vida a medida que nos humilhamos, quando reconhecemos que não somos nada sem a Sua presença. É Deus que tem o poder e devemos desejar ardentemente este poder, poder de cura, libertação, amor, humildade.

 

Pra. Sueli (Geração Débora)

http://br.groups.yahoo/group/geracaodebora/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s