SAIBA ESCOLHER OS SEUS AMIGOS!

 

VEJA SE SÃO VERDADEIROS AMIGOS!

Há um místico que confunde sobre a verdadeira amizade. Quem seriam os amigos verdadeiros? Estariam os amigos envolvidos no bem-estar de seu próximo ou apenas em si mesmo. Teria os amigos apenas interesses financeiros ou benefícios pra si em prejuízo posteriormente.

Esta idéia de “meu amigo” me levou ou “me ajudou”, “Um amigo que me mostrou” e no fim você se encontrar num lamaçal.

Em primeira reflexão poderíamos afirmar que o amigo, ele não requer de outrem nada de benefícios financeiros para si e nem para outro qualquer. O amigo de fato e verdadeiro, ele busca simplesmente caminhos que são retos, justos e que vão deixar marcas em outra pessoa.

Pois um amigo ele vai abrir os olhos e vai enxergar todos os seus defeitos, todos os seus vícios, todas as suas fraquezas e com benevolência o dirá como vencê-los.

Ele saberá, porém, exortar quando você estiver entristecido, porém, saberá dar uma repreensão aberta quando você errar. Saberá dar palavras que poderão ferir a alma do amicíssimo, no entanto, também dará o bálsamo para curar as feridas deixadas pelo irmão.

O pseudo-amigo, no entanto, o conduzirá de mansinho a fazer, aquilo que se opõe às boas regras de conduta, às contidas nas leis instituídas pela sociedade, o levará a práticas de transgressão dos bons costumes. Ele é e se torna dissimulado, o intuito, daquele falsete é evidenciado a conduzi-lo e a ter prejuízo emocional e legal.

À guisa de exemplo ou de colocação, quando alguém o convida para prática de um “furto” e você o faz. Logo, você deveria ser esclarecido pelo seu amigo que isso infrige os padrões normais da sociedade. Que isso tem conseqüências inevitáveis. Dessa forma, seja você duro com o falso “amigo” e aconselhe a ser um bom cidadão.

Os amigos não vêm em forma de inimigos. Eles vêem em forma de camaleão. Onde num lugar tem uma aparência e age diferente em outra situação.

Vejamos sob outra ótica os amigos genuínos, quando você está numa situação difícil e aí eles aparecem. Estou dizendo aqui, quando você estiver doente, então o verdadeiro amigo irá visitá-lo. Pelo menos passar e dizer algumas palavras de esperança. Ó! Estou orando pela sua recuperação. Os verdadeiros amigos são como diamantes, difíceis de achá-los e de conquistá-los.

Portanto, você que se encontra do outro lado, considero um amigo. Porque quero não pelos interesses próprios, porém, que você conheça um amigo, o qual é o melhor de todos os amigos, JESUS. Ele se mostra como um verdadeiro amigo, e desejo que você o encontre, e abra o coração para Ele entrar.

Élcio Cunha

Anúncios

2 comentários sobre “SAIBA ESCOLHER OS SEUS AMIGOS!

  1. INFLUENCIA TU O MUNDO DE HOJE

    O cristão foi chamado pelo Senhor Jesus Cristo para influenciar o presente século. É mister que seja um influenciador nesta sociedade com pensamentos de toda a espécie. Todavia isso é natural que haja idéias diferentes pessoas de todos os tipos.

    Mas, o papel do fiel seguidor do Senhor Jesus é torná-lo conhecido no seio de seu convívio natural e ambiental. E essa influência torna-se necessária, onde você mostrará a sua marca no mundo que caminha para satisfação material.

    É claro que não estou aqui para assolar os que procuram angariar os bens do mundo, isso pode satisfazê-lo. Tudo bem continue assim. Agora os bens não podem ter a primazia em suas vidas. Porque eles pertencem a terra e na Terra ficarão. Concorda. Não obstante, o que importa é que você mostre que a singularidade do Evangelho de Cristo priorize em seus corações.

    Sem dúvida, a mensagem cristocêntrica choca os padrões sociais de hoje e se faz necessário ter sabedoria para conviver sem ser influenciado, e sem perder amizade, e sem perder a cordialidade. Mas, a sutilidade dos humanos tende a colocar pensamentos que em vez do cristão dar a palavra final, simplesmente recheiam de fatos os ninhos da vida pessoal do cristão.

    Portanto, cabe conforme conselho de Paulo: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento em Cristo Jesus”. Assim, pois, cada um que recebe a Cristo deverá marcar sua presença em seu lar, como verdadeiros crentes. Uma tarefa onde você também é chamado para brilhar nesta geração sem rumo e sem direção.

  2. O QUE FAZ UM ESCRITOR

    Muitos pensam que o escritor tem tempo para escrever. Não é esta a realidade, pois, um escritor tem a vida que todos vivem. Trabalham para sustentar a família, estudar para manter-se atualizado e se divertir.

    Um diversão que gosto de fazer é correr. Após muitos anos parado,
    depois de ter corrido por longos dez anos. A atividade foi retomada há
    um ano atrás. Fiquei melhor, pois, a corrida proporcionou um bem-estar
    geral. O começo foi lento, e continua numa intensidade moderada. Por isso que a vida de um escritor não consiste em ficar escrevendo com
    caneta ou digitando um texto. Seria um contraponto do estático para o
    dinâmico. A vida precisa de um equilíbrio entre o imobilismo e o
    movimento.

    Participei do Circuito da Caixa Economica em Campo Grande-MS, além de participar encontrei amigos atletas de 14 anos passados. Que perseveraram no atletismo e
    correm por sentir um prazer imenso. Na corrida todos correm, e nesta
    corrida todos os que chegaram, ganharam uma medalha. Ainda que seja uma
    medalha como dizem os críticos: “Medalha de Consolação”. Sem dúvida o
    prazer de correr vai além do mero prêmio.

    O tratamento dado pelos organizadores foi extraordinário. Fui convidado
    a ser um corredor “Vip” e chegando lá no espaço reservado me encontrei
    com sua excelência Valter Pereira, senador de MS, e perguntei-lhe:
    “Senador, o senhor correu a prova”? Ele me respondeu doutor: “Corri”.
    Encontrei o prefeito de Terenos, presidente da Assomassul, o qual
    correu também a prova. Acredito que no esporte somos todos iguais, ali
    a satisfação é igual para todos e o desafio permanece: completar a
    prova.

    Um colega corredor Anoé Santos esqueceu sua medalha suada e
    conquistada. Levei a um dos organizadores da prova e a devolvi. Não
    gostaria de receber uma medalha sem o sabor do súor e da satisfação do
    dever cumprido. Tive a satisfação de cumprimentar o nosso herói
    olímpico Wanderley Cordeiro, e os meus filhos tiveram a honra de tirar
    fotos com ele.

    Portanto amigo (a) o escritor não reserva o tempo apenas para escrever,
    mas para dedicar a família, aos irmãos, aos amigos, e principalmente a
    Deus. Assim você também precisa dedicar a prática de um esporte que lhe
    dê prazer e sem exagero. Porque de todos os tempos, temos que ter um
    “Cronos”conforme pensava os gregos, para pensar nas coisas que são de cima. Por isso o escritor não vive apenas pensando, e sim, orando, lendo, meditando. Enfim, em
    primeiro lugar está o Senhor Jesus e as demais coisas serão acrescidas. Pense
    nisso.

    Um grande abraço.
    No Senhor Jesus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s