O suor do teu rosto

 

“Do suor do teu rosto comerás o teu pão”. (Gn 3.19)

Deus na sua infinita sabedoria, determinou ao homem que comesse a partir do suor do seu próprio rosto. Isto quer dizer, que o homem comeria, conquistaria, seria próspero, mas tudo isso viria com muito esforço. Deus não determinou isso simplesmente porque queria ver o homem trabalhando arduamente, mas fez isso porque conhece o coração do homem, e saberia que não haveria outra forma para o homem valorizar tudo o que tem, se não fosse pelo suor do rosto. Para entender melhor, imagine que você possuiu dois carros semelhantes, um comprou com muito esforço, o outro ganhou num sorteio. Qual dos dois você daria mais valor? Certamente o que fora comprado com muito esforço, porque conquistou com o suor do teu rosto, e isto lhe imputou grande valor.

“Os bens que facilmente se ganham, esses diminuem, mas o que ajunta à força do trabalho terá aumento”. (Pv 13.11)

Deus sabia que para o homem agregar valor ao que tem, precisaria suar o rosto, se esforçar por este. Interessante, porque será que muitos não tem dado valor à sua família? Será que não é pelo fato de não suarem o rosto por estas? Porque será que aquele filho é rebelde? Será que não é porque os seus pais não deixaram ele suar o próprio rosto? Porque será que o cônjuge procurou um amante ou outra família para sustentar? Será que quem foi traído não lhe imputou a responsabilidade de cuidar e zelar pela sua família? Muitas esposas perdem os seus maridos, porque ao invés de deixar a responsabilidade de ser o cabeça da casa para o marido, tomam a dianteira e resolvem tudo. Como o velho ditado diz, não deveriam permanecer cada macaco no seu galho?

Fonte:

Anderson M. Ferreira

Palavra de Cristo

Anúncios

Um comentário sobre “O suor do teu rosto

  1. Muito bem intitulado este pensamento (cada macaco no seu galho). O homem embora sendo o cabeça do casal, compete-lhe beneficiar a sua mulher com as coisas materiais, sem lhe faltar as espirituais, sem no entanto deixar de prover as necessidades dos filhos. Amém?

    José Filho do Rei…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s